Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

It happened

Sobre mim...não é fácil resumir aquilo que sou numa única frase. E claro o que eu acho que sou em nada pode ser o que os outros acham que eu sou. ( confusa esta frase) Sou mulher, sou esposa, sou mãe, sou amiga...

Sobre mim...não é fácil resumir aquilo que sou numa única frase. E claro o que eu acho que sou em nada pode ser o que os outros acham que eu sou. ( confusa esta frase) Sou mulher, sou esposa, sou mãe, sou amiga...

It happened

30
Jul20

Ex's da vida... Falecidos que teimam em chatear

Calexa

 


Olá :)

 

Espero que estejam todos bem ♥

 

Hoje trago aqui um assunto novo e que tanto me incomoda e acredito que incomode muita gente.

 

Este assunto tem como nome EX-mulher e acredito que também se possa aplicar a algum ex-marido.

 

Passo então a fazer um resumo da minha situação com a ex do meu marido.

 

Quando eu comecei a falar com o meu marido ele ainda estava legalmente casado. Na altura até nem me acreditava naquilo que ele e contava, achava eu que era tudo conversa. Já inclusive tenho isso relatado noutros posts anteriores.

 

Ele na altura que começou a namorar comigo estava a tratar do divórcio a relação deles tinha já terminado em agosto do ano anterior porque ela resolveu fazer xixi fora do penico e mesmo tentando perdoar ele não conseguiu manter a relação dele.

 

Ela sempre foi uma pessoa que mandava milhentas de mensagens...mandava....ainda manda. Com a graça de Deus agora em menor número, mas continuam a incomodar bastante.

 

Eles têm uma filha em comum e a guarda é do pai, pois eles andavam com bastantes problemas e a CPCJ já tinha sido chamada uma vez, por causa das discussões. Inicialmente os pais dele viviam juntos, mas já tinham saído de casa, pois os problemas estavam muito grandes. Só para terem noção ela chegou a bater na minha sogra

.

A princesa na altura ia fazer apenas 9 anos.

 

Quando ele disse em casa que já tinha dado entrada com o processo de divórcio litigioso foi a explosão...Ela ameaçou matá-lo a ele e à filha. O que originou a saída imediata dele de casa com a menina. Na altura foi à polícia fazer participação da situação e os policias foram a casa buscá-la para levá-la ao hospital para que fosse avaliada pela psiquiatria.

 

Ela acabava por confirmar todas as ameaças que fez e por esse motivo foi atribuída a guarda ao pai.

 

Como eu dizia, ela mandava milhentos SMS , ela passava literalmente o dia todo a mandar SMS . Ora SMS em que pedia para ele voltar para casa, ora SMS a dizer que ele andou com todas as mulheres da zona, ora SMS que diziam que ele era a pior pessoa do mundo. Claramente uma pessoa desequilibrada.

 

Houve uma altura, que já nem me recordo bem como, que ela conseguiu o meu numero de tlm e aí começou o inferno a duplicar. Eram SMS para mim e para ele.

 

Aqui a menina, sempre a tentar moderar ao máximo as respostas tentando sempre que ela se focasse na sua relação com a filha mesmo que a CPCJ disse-se que não deviam estar juntas e mesmo que a princesa não quisesse ir para a mãe. Não querendo me tornar a heroína desta situação, mas sempre fiz força para que esta uniam que tinha sido quebrada sarasse. Por vezes quase que me arrependo de o ter feito, pois ela não merece nada da minha parte, mas gosto de dormir à noite e a meu ver a relação delas não devia ser quebrada.

 

Eu recebia SMS em que ela me insultava, porque eu tinha acabado o casamento deles, coisa que era mentira, visto que eu apareci já algum tempo depois da relação deles acabar. Recebia SMS a dizer para me afastar e para o deixar voltar para casa.....outros que diziam que eu não prestava na cama e que era ele que lhe tinha dito....por aí....

 

As minhas respostas eram sempre a tentar manter a calma possível, e a pedir-lhe que ela focasse as forças dela em lutar pela relação da filha. Pois isso sim tem que ser a prioridade de uma mãe.

 

Os conteúdos dos SMS foram escalando de uma tal forma que tive que ir fazer queixa dela, pois ela ameaçou-nos ( a mim, às minhas filhas e a ele) que nos ia regar com ácido e que inclusive já o tinha arranjado. Foram SMS que me marcaram para toda a vida, ela dizia que nós os quatro íamos ficar todos desfigurados e que nos íamos lembrar dela para toda a vida. (se bem que é impossível esquecer que ela existe, já vão perceber mais à frente)

 

Na polícia nada fizeram a não ser que eu e as minhas filhas não andássemos sozinhas na rua. e encaminharam aquilo para tribunal. Passou cerca de um ano para sermos chamados e foi declarada culpada e teria que me pagar uma indenização( que ainda estou á espera). Pelo menos serviu para ela deixar de mandar SMS ( pelo menos para o meu telemóvel).

 

No telemóvel dele continuaram a cair SMS , sendo que 60% delas ficam sem resposta. Não por falta de argumentos da nossa parte, ou por falta de educação, mas porque ela consegue extrapolar tudo que é bom senso. Por isso mais vale ignorar do que responder. Só para que tenham uma noção vou deixar alguns mini exemplos do que ele recebe no telemóvel.

 

(Só para vos lembrar, ou para quem não leu os meus posts anteriores eu sofri 4 abortos, um com 17 semanas e os outros 3 com menos tempo entre 6 a 9 semanas, para que consigam perceber os SMS dela.)

 

Os SMS dela são sempre na tentativa de destabilizar. Passamos então aos exemplos (agora sim)

 

“ Tiveste um acidente de carro, desfizeste o automóvel todo, disse um conhecido nosso que te viu na beira do passeio com as mão na cabeça a chorar. É bem feito, a justiça divina tarda mas não falha e tu vais pagar tudo o que me roubaste” (ele nunca teve nenhum acidente, o carro que ela deixou de ver, foi vendido e o que ela diz que ele roubou, foi na venda da casa para pagar as dividas que ambos tinham no banco)

" Vou com a polícia aí todos os dias se for preciso, para ir buscar a minha filha, vocês não querem é ficar sem a gata borralheira" ( sms enviado porque a filha não quer passar 15 dias de férias com ela, só quer uma semana. E gata borralheira porque cá casa tanto ela que vai fazer 13 como a minha que vai fazer 9 ajudam nas tarefas de casa)


“Vocês não prestam, por isso é que não conseguem ter um filho, porque Deus só dá filhos a casais que merecem “ (esta não precisa de legenda)

“eu sou uma mulher muito séria, já tu gostas que te enganem, não sou eu que invento que estou grávida, para tu me levares de fim de semana e depois quando chega a hora de fazer a ecografia digo que caí e finjo um aborto, mas nem para o hospital quero ir” (esta ela refere-se às minhas perdas como se nunca fossem verdade, quando engravido sou grávida de risco , sou seguida quase que todas as semanas pela maternidade e só deste ultimo ele não me acompanhou por causa do covid, mas mesmo assim há imagens e ele está comigo na altura dos abortos)

“ Lembra-te que só és pai graças a mim e que eu sou a única MÃE que a tua filha têm.” (esta não precisa de legenda)

“ É graças a mim que tens alguém que te chama de pai, porque Deus só dá filhos….” (esta não precisa de legenda)

“ Vocês nunca vão ter um fruto vosso…” (esta não precisa de legenda)

Estas são aquelas que mais me tocam, que mais me ferem. Eu bem que digo para ignorarmos, mas a verdade é que às vezes, se não na maioria isso sai da boca para fora apenas. Porque cá por dentro tudo dói, tudo arde. É um aperto muito grande.

Mas que fazer?

Temos que levar a vida para a frente.

Desejo a todos os que tenham EX’s nas suas vidas que tenham mais sorte do que eu pois até para isso é preciso ter sorte.

 

Por agora me despeço.

 

Beijinho e até já!

 

27
Jul20

Covid-19 e máscaras

Calexa

Olá cá estou eu mais uma vez

 

Hoje trago um assunto diferente, mas que me anda a chatear e gostava de desabafar e saber a vossa opinião também claro: COVI-19 e máscaras.

Como todos já repararam certamente, a não ser que alguém ande desligado do mundo, estamos a atravessar uma pandemia, pandemia esta que já levou muita gente para o outro lado.

Como se sabe este é um vírus para o qual ainda não existe cura nem vacina, pouco ou nada se sabe acerca de como realmente se propaga ou até mesmo se realmente ficamos imunes ou não. Daqui a uns anos acredito que iremos ter mais certezas acerca deste vírus.

Acredito que muitos de vocês ao lerem este último parágrafo vão dizer, mas esta miúda anda louca, então não se sabe já como se propaga??? A verdade é que a cada dia que passa vamos tendo novas informações e algumas delas vão sendo desmentidas passado algum tempo e por vezes o que hoje é, amanhã já não é bem assim.

Por isso a meu ver o melhor é tentar nos precaver ao máximo, para evitarmos o contágio.

Mas é muito difícil lutarmos contra algo que não se vê. Por vezes pouso a mão em algum lado, como reação normal, mas logo me caí a ficha de que aquele sítio onde coloquei a mão pode estar infetado.

Ainda ontem sem querer entrei no supermercado sem máscara, ninguém me avisou, só reparei porque tive comichão na cara e reparei que não tinha colocado ….Realmente vi pessoas a olhar para mim, mas ninguém me recordou desse pequeno/grande pormenor. Nós somos estranhos preferimos calar do que avisar. Mas a verdade é que todos o fazemos eu contra mim falo.

Por vezes deparo-me com pessoas que tem máscara e nariz de fora…mas porquê? É só o que passa na minha cabeça. Eu sei que é uma chatice usar máscara, aquela porra dificulta a respiração, mas a verdade é que deixarmos o nariz de fora não vai ajudar a me proteger. A máscara tem duas funções a de proteger os outros se eu estiver infetada e a de me proteger se os outros tiverem infetados. Para isso é preciso que a boca e o nariz esteja tapado, para não falar em tocarmos na face/olhos com as mãos sem antes as desinfetarmos. Também outra coisa que faz confusão são as viseiras, pois elas apenas vão proteger quem as usa, mas a verdade é que se estiverem infetados vão passar o vírus da mesma forma.

Se eu estou certa, não sei, só sei que me faz confusão estas situações. 2020 vai ficar para todo o sempre na história e não é pelas melhores razões , só espero realmente a maioria de nós consiga passar por esta pandemia com saúde.

Vai tudo correr bem!

Fiquem BEM e protejam-se

Beijinhos e até já!

22
Jul20

Atualização pós aborto

Calexa

Olá :)

 

Cá estou eu mais uma vez, espero que estejam todos bem!!!

 

Passei por cá hoje para vos dar o ponto da situação pós aborto.

 

Como vos tinha dito no post anterior eu tinha consulta marcada para ver se o aborto tinha corrido bem. E assim foi.

 

Na consulta fiz um eco, onde a médica disse que estava quase tudo expulso, por isso que no decorrer do mês tudo seria expulso. Indicou para eu ter atenção à temperatura, ao corrimento e ao cheiro e caso alguma coisa fosse anormal que deveria ir às urgências.

 

Perguntei se havia alguma coisa que eu pudesse fazer diferente para que a gravidez fosse bem sucedida, mas ele foi rever todos os exames, todas as medicações que faço e não conseguiu identificar nada.

 

A única coisa que eu vejo é, caso eu avance com nova gravidez, fazer repouso absoluto desde que sei, pois não vejo mais o que fazer para alcançar este nosso sonho.

 

Mas a verdade é que nem sei o que fazer. Já pensei ir novamente a uma médica particular, mas a verdade é que da última vez que fui, não ouvi nada diferente do que a minha médica na maternidade diz. Fico mesmo tipo barata tonta, sem saber o que pensar e sem saber o que fazer.

 

A minha recuperação física parece estar a correr de forma normal, preciso mesmo é de trabalhar no meu peso, pois engordei muito com esta quarentena e preciso de baixar o peso novamente.

 

A minha recuperação a nível psicológico, bem essa está um pouco mais lenta. Pois parece que todo o sitio para onde olho aparecem coisas de bebés ou grávidas.

 

Quando vejo alguém a anuncia que vai ser mãe ou que o seu bebé nasceu, há uma parte de mim que fica feliz por aquela pessoa, mas há uma outra parte que faz correr lágrimas pelo meu rosto abaixo. Sinto-me por vezes sem forças para cuidar de mim, sinto que ando mais irritada com o mundo e com a paciência curta. Sei que isto é um processo e sei que não é fácil, mas …..

 

Ainda ontem estava a mudar de canal e ao passar pela SIC estava a dar o programa da Júlia. Eu apenas ouvi a dizer “ acho que o pior de tudo são os picos de ansiedade que passamos antes de cada consulta, até sabermos se está tudo bem ou não”….Como eu me revi nessas palavras. Era uma rapariga que não conseguia engravidar e fez tratamento para lhe retirarem os óvulos e depois fizeram o a implante. Ela contou que retiraram oito óvulos e que lhe colocaram dois de cada vez. Os 3 primeiros não vingaram na ultima tentativa ela finalmente conseguiu engravidar e dos dois mesmo assim perdeu um, já depois de ouvir o coraçãozinho de ambos. Agora tem a sua Carolina irrequieta J. Mas diz ela que quando teve a primeira perda e esteve o mês em casa devido ao aborto, ainda colocou mais dois meses de baixa, pois sabia que ia ouvir as pessoas a dizer que lamentavam, que tinham pena e que as pessoas não fazem por mal, mas isso ainda faz doer mais….revejo-me em cada uma destas palavras. Tenho pessoas mais próximas que sabem, por vezes apetece contar a toda a gente para que percebam o porque de eu estar em baixo, mas por outro lado, não quero , não quero sentir no olhar das pessoas a dó sobre esta situação. Por vezes gostava de falar mais sobre isto, mas só de pensar dói.

 

Era tão bom que tivéssemos uma tecla de delete quando situações menos boas nos acontecem.

 

Como se costuma dizer, não há nada que o tempo não cure. Vamos deixar passar mais tempo, para cicatrizar esta minha ferida e esperar também que as minhas ideias fiquem mais claras.

 

Por agora me despeço, até já!

 

Beijinhos

01
Jul20

Fim de um capítulo

Calexa

 

Cá estou eu mais uma vez.

Espero que todos estejam bem 💕

Está semana, não foi uma semana fácil. Uma semana cheia de dúvidas 🤷‍♂️. Uma semana com uma dor no coração ♥.

Nestas alturas passa tudo pela nossa cabeça. Algumas das questões que passaram pela minha cabeça foram: será que a médica viu bem... Será que devo procurar outra opinião... O que fiz eu de errado para estar a passar por isto uma quarta vez... O que puderia eu ter feito de diferente... Até questionei a minha fé em Deus...

Foram dias complicados. E agora perguntam... Mas já passou? Não, não passou. E para ser sincera, nunca passa, pode melhorar, podemos aceitar, mas as cicatrizes ficam cá.

Ontem voltei à maternidade onde tomei a primeira pastilha para dar início ao aborto.

O que vou contar a partir daqui pode causar impressão aos mais sensíveis.

Depois de tomar este não se sente nada de diferente. Este comprimido é apenas para travar a evolução da gravidez e para travar a progesterona que é a hormona principal da gravidez.

A parte mais dolorosa fisicamente, foi hoje!

Tive que esperar as 24h da toma do primeiro comprimido. Eram 11:30 e coloquei as 4 pastilhas que a enfermeira me deu. Duas nas bochechas da boca, uma de cada lado e as outras duas o mais perto possível do colo do útero. Depois foi aguardar sossegada 1h para depois poder fazer exercícios.

Desta vez as dores começaram mais cedo do que da última vez, assim como a perda de sangue.

Fiz alguns exercícios, como abdominais e agachamentos para ajudar o saquinho a descolar.

Entretanto almocei e tomei um brufen pois as dores estavam fortes. Mas nem passado meia hora fui vomitar tudo o que tinha no estômago.

Aguardei as 4h de ter colocado os primeiros comprimidos, eram 15:30 quando repeti a dose dos medicamentos... Mais 4....

Lembro-me que do meu aborto anterior expli logo assim que estes últimos fizerem o efeito....

E deste assim foi também. Depois da hora de repouso levantei-me e comecei a sentir uma abundância de sangue grande e fui ao WC.... Saiu o saquinho... Era bem maior do que expli da última vez....

Esse momento foi muito doloroso, não fisicamente, mas psicologicamente... Pois ver mais um fruto do nosso amor a ir pela sanita abaixo é algo que não se consegue descrever....

O que vale nesta situação toda é que tenho um marido que está sempre a meu lado e que hoje não arredou pé. Sempre a meu lado, mesmo quando teve que ajudar na limpeza do que expli...

Se não fosse ele eu não conseguia suportar. Mesmo com tudo a acontecer ele consegue me fazer rir.

Hoje durante o dia pensamos várias vezes em, se iremos tentar outra vez... Ele diz que não me quer ver a sofrer novamente, ele fica mal não só por perder o nosso fruto, mas também por me ver a sofrer.

Para já está tudo em aberto. Sem decisões finais, sem pressas.

Agora temos que sarar e depois decidiremos.

Na próxima semana volto à médica para ver como está a correr a cicatrização (física) e depois logo volto para contar mais.

Fiquem bem 🌈

Até já

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub